Ao escolher onde estudar no exterior, é totalmente compreensível que você busque os países mais “comuns”, como Estados Unidos, Reino Unido ou Canadá. Mas é importante lembrar também que o mundo tem muito mais a oferecer. Por isso, trouxemos aqui 6 motivos para você escolher um destino de intercâmbio não-convencional.

Por que escolher um destino de intercâmbio não-convencional?

1. Você vai expandir seus horizontes (e habilidades em outros idiomas)

A maioria dos intercambistas decide estudar no exterior para poder expandir seus horizontes e se desafiar. E quer uma maneira melhor de se desafiar do que realmente sair da sua zona de conforto e ir para uma região que é completamente diferente da que você está acostumado(a)?

Fazer um intercâmbio dá aos estudantes a chance de aprender mais de perto sobre locais até então desconhecidos. E se você estudar o idioma local, isso não só vai melhorar a sua experiência, como também vai proporcionar uma vantagem para sua carreira a longo prazo, uma vez que você irá dominar uma habilidade que muitos nem vão tentar.

2. Você vai encontrar muito mais belezas naturais

Escolher um destino de intercâmbio não-convencional vai te dar a oportunidade de descobrir belezas naturais que você nem imaginou. O que pode te surpreender, no entanto, é que mesmo as regiões mais conhecidas do mundo – como o Caribe ou a Europa – ainda têm locais que são menos escolhidos ou visitados por estudantes internacionais.

Claro, talvez você tenha amigos indo fazer intercâmbio na França ou na Alemanha, mas já pensou em conhecer a Romênia, um país repleto de belezas naturais? Ou talvez você já tenha sonhado em passar férias em Fiji, mas já imaginou estudar lá?

4-intercambio-nao-convencional
Represa Drăgan-Floroiu, na Romênia (Paul Mocan/Unsplash)

3. Você vai economizar

O orçamento é um fator muito importante em qualquer viagem, e em um intercâmbio não é diferente. Estudar no Peru ou em Taiwan, por exemplo, vai ser mais acessível do que na Irlanda ou na Inglaterra, devido à cotação do real em relação às moedas locais. Em regiões como a América Latina e partes da Ásia, é possível sobreviver com um quarto do que você gastaria em um país europeu.

4. Você vai realmente fazer uma imersão cultural

Ao escolher um destino de intercâmbio não-convencional, você vai garantir uma experiência de maior imersão cultural no exterior. Quando você não está cercado por uma multidão de outros intercambistas, é mais provável que faça amizade com os habitantes locais e viva como se fosse um deles em tempo integral.

Em alguns casos, você pode até ter a sorte de morar, de fato, com uma família do lugar. E aí terá a experiência completa de imersão cultural. Se você se cercar dos moradores locais em vez de outros estudantes internacionais, com certeza vai ter mais facilidade em aprender o idioma local e, ao mesmo tempo, ter uma experiência verdadeiramente única na vida.

1-intercambio-nao-convencional
Catedral de Santo Isaac, na Rússia (Ilia Schelkanov/Unsplash)

5. Você pode morar onde não moraria em outras situações

Estudar no exterior oferece aos intercambistas a oportunidade única de viver em alguns dos locais mais remotos do planeta. E eles nem precisam ser remotos, mas apenas isolados e diferentes do seu dia a dia. Em outros estágios da sua vida ou da sua carreira, pode ser que você não tenha essa mesma oportunidade de ousar no seu destino. Portanto, aproveite agora para sair da sua zona de conforto e escolher um destino de intercâmbio não-convencional!

6. Além de estudar, você pode apoiar as comunidades locais

Não tem jeito melhor de mudar sua perspectiva sobre a vida do que testemunhando como outras pessoas no mundo vivem. No nosso planeta globalizado, todos nós já vimos fotos de pessoas vivendo em sociedades e regiões bem diferentes da nossa, mas por que não ir até lá e construir suas próprias opiniões, se envolvendo de forma significativa com os residentes locais?

Lugares como o Nepal e a Tanzânia são destinos turísticos importantes por si só, mas ao escolher estudar nesses lugares você vai ter uma compreensão muito mais profunda da cultura, da história, dos costumes, da política e do idioma!

2-intercambio-nao-convencional
Namche Bazaar, uma pequena vila nas montanhas do Nepal (Kalle Kortelainen/Unsplash)

Quer saber mais sobre a vida em outros lugares do mundo?

Então ouça o episódio #150 do nosso podcast, o “Tudo Sobre Intercâmbio”, que fala sobre os choques culturais de quem escolheu um destino de intercâmbio não-convencional:

Intercâmbio com a UDI

Ficou animado(a) para estudar em um destino de intercâmbio não-convencional? Então comece agora mesmo a se preparar com a ajuda da nossa mentoria especializada. Clique aqui e faça agora mesmo o seu teste de perfil!


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos