As bolsas Rhodes da Universidade de Oxford foram concedidas pela primeira vez em 1902, sendo o mais antigo (e uma dos mais prestigiados) programas de bolsas de estudos internacionais. Tanto que serviu até de inspiração para outro programa bem tradicional: o Schwarzman Scholars, da Universidade Tsinghua, na China. Descubra mais sobre a Rhodes agora!

História das bolsas Rhodes

As bolsas Rhodes foram estabelecidas a partir do testamento de Cecil John Rhodes, um homem de negócios britânico que morreu em 1902. Na época foi um projeto completamente visionário e até hoje mantém o seu propósito inicial: permitir que jovens excepcionais de todas as partes do mundo façam os seus estudos de pós-graduação em tempo integral em Oxford (uma das mais renomadas universidades do mundo).

O perfil de candidato buscado naquela época também é o mesmo buscado até os dias atuais: jovens entre 18 e 28 anos com potencial de liderança que tenham o desejo de causar um impacto positivo no mundo através da educação e da criação de laços de compreensão mútua e companheirismo com outros jovens de diferentes contextos e lugares.

bolsas-Rhodes
Exterior da Rhodes House (Foto: Kaihsu/Wikipedia)

Qual é o diferencial das bolsas Rhodes?

As bolsas Rhodes não são “apenas” uma bolsa financeira, mas sim (segundo a organização) uma oportunidade de mudança de vida para jovens que realmente têm o interesse de fazer a diferença no mundo através de ações. Por isso não há exatamente uma área de foco ou de preferência na seleção. Isso significa que pessoas de todos os campos e áreas de interesse podem participar, desde que tenham uma clara ideia de como podem contribuir, a partir de sua visão e energia, para tornar o mundo um lugar melhor.  

É por isso também que o comitê responsável por selecionar os candidatos não toma como base apenas a parte intelectual dos mesmos, mas também quesitos como compromisso, caráter e capacidade de liderança e trabalho em equipe. E esse mesmo pensamento segue durante a experiência em Oxford, uma vez que o programa estabelecido para os bolsistas Rhodes inclui participação em conferências, workshops e encontros, além de eventos sociais e rodas de discussões que acontecem na Rhodes House, um prédio histórico de Oxford dedicado exclusivamente para as atividades do programa.  

Outro diferencial das bolsas Rhodes é a oportunidade de participar de uma comunidade internacional formada por mais de 7 mil membros ex-bolsistas de todas as idades; ter acesso à uma rede de contatos impressionante e até mesmo formar amizades e começar a estabelecer um excelente networking profissional.

Você tem o que é preciso para ser um bolsista Rhodes?

Como já dissemos, as quatro principais qualidades procuradas pela comissão de seleção das bolsas Rhodes são: Intelecto, liderança, caráter e compromisso com serviço excepcional. Dentro desse contexto, os principais critérios buscados são:

  • Realizações literárias e/ou escolares (excelência acadêmica);
  • Energia para usar os próprios talentos ao máximo (conforme demonstrado pelo domínio em atividades artísticas, esportes e debates, especialmente quando há envolvimento de trabalho em equipe);
  • Verdade, coragem, devoção ao dever, simpatia e proteção dos fracos, bondade, altruísmo e companheirismo;
  • Força moral de caráter e instintos para liderar e se interessar pelos semelhantes.

Vale lembrar que os candidatos também passam por entrevistas durante as fases de seleção do programa, o que também implica na necessidade de possuir boas habilidades de comunicação. Neste ano, excepcionalmente por conta do coronavírus, essas entrevistas serão feitas em formato virtual. Já o prazo de inscrição todos os anos geralmente fica aberto entre os meses de junho e julho.

As bolsas Rhodes cobrem exatamente o quê?

As bolsas Rhodes tem duração de 2 anos (ou 3 anos no caso de cursos PhD) e cobrem todas as taxas de Oxford e da faculdade escolhida dentro da universidade. Além disso, todos os selecionados recebem também uma bolsa anual para despesas com subsistência (alimentação, acomodação, etc.).

Esse é um valor destinado para só uma pessoa (não inclui cônjuge ou filhos) e varia de ano para ano. Na edição 2019/2020 do programa, por exemplo, essa bolsa era de 15.900 libras por ano, o que dava uma média de 1325 libras por mês (cerca de 10 mil reais na cotação atual).

bolsas-rhodes4
Interior da Rhodes House (Foto: Chensiyuan/Wikimedia)

E tem mais! Os bolsistas também recebem as passagens aéreas de ida e volta do país de destino até o Reino Unido no início do programa e do Reino Unido até o país de destino no final do programa; as taxas para retirada do visto Tier 4 e do International Health Surcharge (IHS), que permite o acesso de estudantes internacionais ao Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido; e um subsídio entregue logo na chegada em Oxford para despesas com adaptação – na última edição foi de 225 libras.

Os bolsistas que fizerem a transição para um segundo curso de estudos em Oxford também recebem novamente assistência para cobrir a taxa de renovação do visto e futuras inscrições para o IHS.

E mesmo com todos esses auxílios, os bolsistas Rhodes também podem se candidatar à uma série de bolsas de pesquisa para participação de conferências internacionais e financiamento de trabalhos de campo adicionais, entre outras necessidades acadêmicas.

Programas elegíveis

Antes de escolher qual curso você pretende fazer em Oxford, é fundamental identificar quais dos tipos de programas da universidades são elegíveis para as bolsas Rhodes. Entre as opções estão programas de mestrado de 1 ou 2 anos e programas de doutorado de 3 anos. Confira mais informações sobre isso aqui. Já para conferir os cursos disponíveis nesses três tipos de programas, clique aqui.

Universidade do Intercâmbio

O que achou das bolsas Rhodes? Muito TOP né? Nem precisa dizer que esse é um programa extremamente disputado, com uma taxa de admissão de cerca de 0,7%, e que se você quiser conquistar uma vaga nele precisa se preparar MUITO, certo? A sorte é nós podemos te ajudar com isso através da nossa mentoria especializada. Quer saber como? Então clique aqui para fazer o nosso teste de perfil e entrar para o nosso time de mentorados.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos