BOLSAS IDIOMAS PROVAS UNIVERSIDADES INSPIRAÇÃO TESTES RESUMÃO DA SEMANA MUNDO ESTUDAR FORA TRABALHAR FORA NOTÍCIAS

HSK: como fazer a prova de mandarim

A China é conhecida por ser um dos países que mais crescem no mundo. Além disso, o país asiático é uma das nações com melhor desempenho em educação tanto no ensino superior quanto no ensino básico. Mas, para aproveitar as melhores oportunidades na China é importante dominar o mandarim e isso pode ser comprovado com a prova HSK. Aqui você vai conhecer como funciona esse exame!

O que é o HSK?

O HSK ou Hanyu Shuiping Kaoshi é o Exame de Proficiência em Língua Chinesa. Ele é o equivalente em mandarim para exames como o TOEFL, o IELTS ou as provas de Cambridge. O objetivo é medir o nível de domínio em mandarim de pessoas que não falam a língua nativamente.

O teste do HSK foi desenvolvido nos anos 1980 e serve para testar as habilidades em ler, escrever e ouvir em mandarim. Desde então ele passou a ser requisito para estrangeiros que quisessem estudar em universidades chinesas.

Porém, como o teste não testava as habilidades de se expressar oralmente, muitas pessoas que atingiam o nível máximo no exame não conseguiam pronunciar nem frases básicas em mandarim. Foi por isso que em 2010 foi criado o HSKK, ou Teste de Proficiência Oral em Língua Chinesa.

A partir daí, a maioria das organizações profissionais ou de educação passaram a pedir que os candidatos fizessem tanto o HSK quanto o HSKK. Por isso, hoje, algumas provas do HSK devem ser feitas, obrigatoriamente, em conjunto com o HSKK.

O HSK feito isoladamente costuma ser usado como uma métrica pessoal, para medir sua evolução no idioma. Porém, a partir dos níveis intermediários, quando a prova do HSKK também é exigida, o exame passa a ter aplicações práticas como:

  1. Conseguir uma vaga universitária na China em cursos lecionados em mandarim;
  2. Conquistar uma bolsa de estudos para estudar na China;
  3. Conseguir empregos em multinacionais chinesas ou que atuem no país;
  4. Aumentar suas chances de fazer negócios com empresas chinesas.

HSK é a prova de proficiência em mandarimHSK é a prova de proficiência em mandarim (foto: InLoveWithWords)

Quantos níveis tem o HSK?

A prova do HSK tem seis níveis possíveis. Cada um destes níveis corresponde a um grau de domínio do Quadro Europeu Comum (CEFR), partindo do básico e chegando ao avançado. Funciona assim:

  • HSK 1: corresponde ao A1. Significa que você domina aproximadamente 150 palavras no idioma. Ou seja, você consegue usar e compreender frases e palavras simples.
  • HSK 2: corresponde ao A2. Ao completar o exame você comprova que sabe ao menos 300 palavras em mandarim. Com isso você consegue se comunicar de maneira direta e simples sobre tópicos familiares para você.
  • HSK 3: corresponde ao B1. O teste confirma que você conhece 600 palavras em mandarim ou mais. Isso é o suficiente para fazer uma viagem para a China, já que você deve ser capaz de ter conversas em ambientes de trabalho, estudo ou do dia a dia desde que sejam básicas.
  • HSK 4: corresponde ao B2. Ao dominar 1.200 palavras em mandarim ou mais você já pode se comunicar fluentemente com nativos sobre vários assuntos.
  • HSK 5: corresponde ao C1. Quando você atinge 2.500 palavras conhecidas em mandarim você pode ler jornais e revistas no idioma e compreender com facilidade filmes e programas de TV.
  • HSK 6: corresponde ao C2. Com o conhecimento de mais de 5.000 palavras em mandarim você pode se expressar com facilidade de forma oral ou escrita em mandarim, além de compreender com facilidade o que falam com você.

Além dos níveis comuns do HSK ainda existem os níveis do HSKK. Essa prova mede a sua fluência falada em mandarim. Ainda que seja um exame diferente, desde 2022 alunos do HSK 3 ao HSK 6 são obrigados a fazer o teste em conjunto com a prova original.

LEIA TAMBÉM — TESTE: Estes fatos sobre a China são verdadeiros ou falsos?

No HSKK existem três níveis diferentes: primário, intermediário e avançado. Quem fizer o HSK 3 deve fazer também o HSKK primário. Já os candidatos do HSK 4 fazem o HSKK intermediário, enquanto quem optar pelo HSK 5 ou 6 fazem o HSKK avançado.

Como é a prova do HSK?

A prova do HSK muda conforme o nível do exame. Os níveis básicos (1 e 2) testam apenas habilidade de leitura e audição com questões de múltipla-escolha. Já os demais níveis também tem provas fechadas de leitura e audição, mas, além delas, contam com uma seção de escrita.

HSK 1

  • 20 questões de compreensão auditiva para serem respondidas em 18 minutos;
  • 20 questões de leitura para serem respondidas em 17 minutos;
  • Total de 35 minutos de prova mais 5 minutos para preencher informações pessoais.

HSK 2

  • 35 questões de compreensão auditiva para serem respondidas em 28 minutos;
  • 25 questões de leitura para serem respondidas em 22 minutos;
  • Total de 50 minutos de prova mais 5 minutos para preencher informações pessoais.

HSK 3

  • 40 questões de compreensão auditiva para serem respondidas em 40 minutos;
  • 30 questões de leitura para serem respondidas em 30 minutos;
  • 10 questões de escrita para serem respondidas em 15 minutos;
  • Total de 85 minutos de prova mais 5 minutos para preencher informações pessoais.

HSK 4

  • 45 questões de compreensão auditiva para serem respondidas em 35 minutos;
  • 40 questões de leitura para serem respondidas em 40 minutos;
  • 15 questões de escrita para serem respondidas em 25 minutos;
  • Total de 100 minutos de prova mais 5 minutos para preencher informações pessoais.

HSK 5

  • 45 questões de compreensão auditiva para serem respondidas em 35 minutos;
  • 45 questões de leitura para serem respondidas em 45 minutos;
  • 10 questões de escrita para serem respondidas em 40 minutos;
  • Total de 120 minutos de prova mais 5 minutos para preencher informações pessoais.

HSK 6

  • 50 questões de compreensão auditiva para serem respondidas em 40 minutos;
  • 50 questões de leitura para serem respondidas em 50 minutos;
  • 1 questão de escrita para serem respondidas em 45 minutos;
  • Total de 135 minutos de prova mais 5 minutos para preencher informações pessoais.
 

HSKK Primário

  • Escute e repita: 15 itens em 4 minutos;
  • Escute e responda de forma breve: 10 questões em 3 minutos;
  • Responda às perguntas: 2 questões em 3 minutos;
  • Tempo total: 10 minutos.

HSKK Intermediário

  • Escute e repita: 10 itens em 5 minutos;
  • Descreva as figuras: 2 itens em 4 minutos;
  • Responda às perguntas: 2 questões em 4 minutos;
  • Tempo total: 13 minutos.

HSKK Avançado

  • Escute e repita: 15 itens em 8 minutos;
  • Leia em voz alta: 10 itens em 2 minutos;
  • Responda às perguntas: 2 questões em 5 minutos;
  • Tempo total: 15 minutos.

Como funcionam as notas do exame?

Cada uma das seções da prova do HSK tem valor de 100 pontos. Com isso, o HSK 1 e 2 tem valor total de 200 pontos, enquanto as demais, por terem três seções, possuem nota máxima de 300 pontos.

LEIA TAMBÉM — 20 idiomas mais difíceis do mundo para aprender

Para ser aprovado é necessário tirar ao menos 120 pontos no HSK 1 e 2. Já nos outros níveis requerem um mínimo de 180 pontos para a aprovação dos candidatos. Além disso, também é necessário ser aprovado no HSKK, que também vale 100 pontos e exige uma nota igual ou superior a 60 para aprovação.

Os resultados dos exames são divulgados após cerca de dois meses. É possível consultar a sua nota online e buscar o seu certificado no Instituto Confúcio em que você realizou o exame.

Onde fazer o HSK?

O teste do HSK pode ser realizada em um dos centros de aplicação do exame espalhados pelo mundo ou no conforto da sua casa, com o HSK Home Edition. De toda forma, a prova estará vinculada a um centro de aplicação. No site oficial é possível fazer uma consulta por continente e país em que você tem interesse em fazer a prova.

No Brasil, atualmente, existem 10 centros de aplicação do HSK. A maioria deles ficam nas capitais estaduais e estão associados a universidades públicas locais em parceria com o Instituto Confúcio. Hoje é possível realizar a prova nas cidades de:

  • Belém (PA);
  • Belo Horizonte (MG);
  • Brasília (DF);
  • Campinas (SP);
  • Niterói (RJ);
  • Porto Alegre (RS);
  • Recife (PE);
  • Rio de Janeiro (RJ);
  • São Paulo (SP) — 2 centros.

As provas do HSK são aplicadas nas sedes do Instituto Confúcio espalhadas pelo mundoAs provas do HSK são aplicadas nas sedes do Instituto Confúcio espalhadas pelo mundo (foto: Kreeder13/Wikimedia Commons)

Como se inscrever no HSK?

Independente de onde você for realizar o seu exame, a inscrição deve ser feita no site do HSK. Os passos são bastante simples e você pode selecionar para a língua padrão do site ser mandarim, inglês, espanhol ou francês. Funciona assim:

1. Faça seu registro como candidato

Para se registrar para o HSK você primeiro deve criar uma conta na plataforma. Lá você informará o seu e-mail e criará uma senha específica para a sua conta.

2. Selecione o teste que você deseja fazer

A plataforma chinesa para o registro em exames é a mesma para quem vai fazer o HSK, o HSKK ou os exames específicos de medicina, negócios e juventude. Por isso, o segundo passo da sua inscrição é selecionar a prova e o nível que você deseja fazer.

3. Escolha o local de realização do exame

Assim que você selecionar a prova que deseja fazer a plataforma vai solicitar que você escolha um centro de aplicação. Lembre-se de que nem todos os centros aplicam todas as modalidades existentes. Por exemplo, alguns Institutos Confúcio não aplicam o HSK iBT, apenas a versão em papel.

As datas do exame também devem ser selecionadas nesta etapa. Geralmente, o HSK é oferecido em quase todos os meses do ano e as inscrições podem ser feitas até 10 dias antes do exame. Porém, nem todos os centros de aplicação oferecem o exame em todas as datas.

Além disso, você terá que preencher os campos de informações pessoais obrigatórios como seu nome completo e o documento de identificação que vai levar no dia do exame. O registro também exige o envio de uma foto 3x4.

4. Confirme sua inscrição e pague a tarifa

Quanto tiver com todos os campos preenchidos você terá a opção de revisar as informações passadas durante o seu registro. Após isso, você terá um prazo para pagar a tarifa da prova ao Instituto Confúcio onde você fará o exame.

Quanto custa o HSK?

Os exames do HSK são mais caros do que outras provas de proficiência asiáticas como o TOPIK, na Coreia do Sul, e o JLPT, no Japão. Ainda assim, ele fica mais em conta do que a maioria das provas de proficiência em língua estrangeira. As taxas variam conforme o nível do exame:

Nível do CEFR

HSK

HSKK

A1

Nível 1: R$ 39,00 

HSKK Primário: R$ 100,00

A2

Nível 2: R$ 91,00

B1

Nível 3: R$ 120,00

HSKK Intermediário: R$ 200,00

B2

Nível 4: R$ 180,00

C1

Nível 5: R$ 250,00

HSKK Avançado: R$ 300,00

C2

Nível 6: R$ 350,00

Essas tarifas devem ser pagas com transferência bancária ao Instituto Confúcio responsável pela aplicação do seu exame ou por boleto, dependendo de onde você for fazer o exame. As instruções detalhadas são fornecidas ao final do seu registro para a prova do HSK.

É importante lembrar que os valores são atualizados periodicamente. Além disso, pode ser obrigatório prestar os exames do HSK em conjunto com o do HSKK, ou seja, o valor total fica maior.

  • HSK 3 + HSKK Primário: R$ 220,00
  • HSK 4 + HSKK Intermediário: R$ 380,00
  • HSK 5 + HSKK Avançado: R$ 550,00
  • HSK 6 + HSKK Avançado: R$ 650,00

Apesar de os HSK 3, 4, 5 e 6 terem que ser acompanhados do HSKK correspondente, o HSKK pode ser feito de forma separada, sem precisar comprovar a escrita. A regra passou a valer a partir de 2022.

Vale a pena fazer intercâmbio na China?

A China é um destino incrível para quem está buscando as melhores oportunidades no exterior. Uma das melhores opções para quem quer fazer um intercâmbio na China é fazer uma graduação ou pós-graduação por lá.

Além de ter excelentes universidades, os chineses também oferecem boas opções de bolsas de estudo. Para conhecer as melhores delas, você pode contar com a nossa mentoria especializada, a M60.

teste de perfil

Por lá você terá acesso a uma plataforma exclusiva de bolsas na China e vários outros lugares do mundo! Tem oportunidades para quem tem e para quem ainda não possui o HSK e você ainda pode revisar seus documentos antes de enviar as aplicações para as bolsas!

Aprenda com professores especializados qual é o melhor intercâmbio para você e tire suas dúvidas com nosso suporte 24 horas. Não perca a chance de mudar a sua vida, faça agora o teste de perfil clicando aqui!

Posts relacionados

Ana Resende Quadros
AUTOR

Ana é jornalista, mestra e doutoranda em Comunicação. Sua paixão é levar informação e conhecimento para todos e, assim, contribuir para a ampliação da cidadania.

27 Mai 2022

Postagens recentes
O que é GPA e como calcular?

O GPA é uma parte muito importante na aplicação para um intercâmbio. Mas você sabe mesmo o que é isso? Confira a explicação completa neste guia!

Rafael Cerqueira
30 Nov 2022
Assistantship: o que é?

Esse é um tipo de remuneração mais comum na pós-graduação no exterior. Descubra tudo sobre o assistantship!

Elaine Maciel
29 Nov 2022