Um dúvida muito comum entre quem tem vontade de fazer um intercâmbio é qual é o momento ideal para estudar fora. A resposta para essa pergunta não é tão simples. Contudo, a principal coisa a se fazer quando essa dúvida surgir é uma análise do momento em que você se encontra e em qual nível de preparação você está. Precisa de mais ajuda para decidir? Então confira algumas dicas para escolher a época certa para o seu intercâmbio.

Existe um momento ideal para estudar fora?

time-momento-ideal-para-estudar-fora

O período do ano que você escolher para estudar fora não importa tanto…

Isso porque os programas de intercâmbio, em geral, são integrados à instituição de ensino para a qual você vai. Ou seja, não há como você escolher fazer um intercâmbio começando em maio se as aulas em uma universidade no exterior começarem em agosto ou setembro. Dessa forma, é importante se preparar para estar com tudo organizado desde o momento da aplicação.

Como o curso que você escolhe afeta o momento ideal para estudar fora?

Antes de escolher um curso

Se você já saiu do Ensino Médio, mas ainda não escolheu um curso de graduação, ainda assim pode ir estudar fora. Você pode fazer uma lista das áreas que mais te agradam e participar de cursos de verão ou de disciplinas isoladas nas universidades do exterior. Inclusive, existem algumas vantagens em fazer um intercâmbio sem ter um curso em mente, como:

  • As admissões para disciplinas isoladas e cursos de verão são, em geral, mais simples do que para uma graduação completa
  • Você pode ter sua experiência internacional sem precisar se comprometer com um curso de longa duração
  • Caso você encontre uma outra experiência no futuro, já vai estar preparado(a) para a vida longe do Brasil
  • Em um curso de verão você pode experimentar uma área de interesse sem perder o período oficial de aulas. Ou seja, dá para fazer o curso de verão durante as férias e, ainda assim, caso você realmente goste, aplicar para uma graduação

Depois de escolher e se matricular em um curso

Se você já escolheu seu curso ou até mesmo já está matriculado(a) em uma universidade aqui no Brasil, tem duas opções principais: fazer um intercâmbio o quanto antes ou esperar para cursar uma pós-graduação no exterior. No primeiro caso, é importante que você se atente às equivalências das disciplinas que já cursou aqui no Brasil e das que vai estudar no exterior, para não deixar nada para trás. Se certifique que essas aulas sejam oferecidas na universidade de destino no exterior, principalmente no período em que você vai estar por lá.

Agora, se você achar que uma pós-graduação vai ser o momento ideal para estudar fora, então pode começar a se preparar já durante a graduação para conquistar a sua oportunidade. Pesquise sobre os países, as universidades, as bolsas e os cursos e esteja pronto(a) para fazer a aplicação no período correto.

Como dissemos anteriormente, um curso de verão te permite ter uma experiência internacional fora do período de aulas, durante as férias. Dessa forma, eles se encaixam aqui como uma terceira opção para quem já está matriculado(a) em uma instituição brasileira e não tem intenção de terminar a graduação em outro país.

Ou seja…

Não existe um momento ideal para estudar fora. Essa decisão deve partir dos seus sentimentos a respeito da suas expectativas e da sua preparação para ter uma experiência internacional. A pressão e opinião de outras pessoas, por exemplo, não deve ser um parâmetro. O momento ideal, então, é quando você se sentir pronto(a).

Intercâmbio com a UDI

Se você já quiser começar a se preparar, pode contar com a ajuda da nossa mentoria especializada em todo esse processo. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.

Quer acompanhar todos os nossos conteúdos no Blog? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos