Se você está se preparando para estudar nos Estados Unidos, é importante saber como funciona o sistema de créditos acadêmicos no país. Isso porque ele pode influenciar muita coisa no seu curso: desde o seu GPA, passando pelo seu prazo para formar, até o valor que você paga nas mensalidades. Quer descobrir mais sobre isso? Então confira tudo o que você precisa saber nesse texto!

Tudo o que você precisa saber sobre o sistema de créditos acadêmicos dos Estados Unidos

Quantos créditos eu preciso para me formar?

Isso varia de acordo com a duração do seu curso. Cada semestre concede uma certa quantidade de créditos, portanto, se você multiplicar o número de semestres que você precisa estudar pelo número de créditos concedidos em cada semestre, vai descobrir o total necessário de créditos para se formar.

Por exemplo, no sistema de créditos acadêmicos dos Estados Unidos, um curso normal, em tempo integral, requer 15 horas de crédito por semestre (ou seja, 30 horas de crédito por ano). Se o seu curso tiver a duração de três anos, isso significa que você vai precisar de 90 horas de crédito, no total.

Como eu consigo os créditos que eu preciso para me formar?

Simplesmente fazendo as disciplinas do curso (e passando nelas). Cada disciplina concede um número específico de créditos. Dessa forma, se você passar em todas as suas aulas durante um semestre, vai receber todos os créditos! Se, durante um semestre, você tiver aulas eletivas, além das aulas regulares, verifique se as eletivas escolhidas correspondem à quantidade total de créditos necessários, além das aulas obrigatórias.

O que é uma “contact hour”?

No sistema de créditos acadêmicos, as contact hours são diferentes das horas normais de crédito. Isso porque elas incluem outras atividades além das disciplinas em si, como tempo de laboratório e palestras. Normalmente, uma contact hour é igual a 50 minutos em “tempo real”.

Sendo assim, nas universidades e faculdades dos Estados Unidos, os estudantes geralmente recebem horas de crédito com base no número de “horas de contato” que passam estudando por semana. Uma hora de crédito é geralmente a maneira padrão de medir a carga de trabalho em uma faculdade ou universidade. Portanto, as horas de crédito são compostas de horas de contato.

1-sistema-de-creditos-academicos

O tempo que você passa no laboratório da universidade é contado como contact hours

Quantas horas de crédito eu consigo com uma disciplina?

A maioria das instituições de ensino superior nos Estados Unidos concede 3 horas de crédito semestral (45 a 48 horas de contato) pela conclusão bem-sucedida de uma disciplina. O número de créditos para palestras, trabalhos em projetos independentes, tempo de laboratório e estágios varia de acordo com os requisitos específicos da instituição.

Como o sistema de créditos acadêmicos afeta o GPA?

Nos Estados Unidos, os créditos também são usados para determinar a média de notas (GPA) de um aluno por um semestre ou ano acadêmico. Em alguns casos, as pontuações do GPA são necessárias para a admissão em outros programas acadêmicos (como mestrados, por exemplo).

As pontuações no GPA variam de 0 a 4. Uma pontuação 4 é o equivalente a uma média A, enquanto 0 representa uma pontuação F. Cada programa de bacharelado e mestrado americano especifica seu próprio requisito mínimo de GPA para a graduação.

O GPA do semestre de um aluno é calculado com base nas notas finais recebidas para cada curso e nas horas de crédito concedidas pelo programa para esse semestre. O GPA geral final é a média de todas as disciplinas que foram concluídas durante os anos de estudo.

Há alguma diferença entre “credit hours” e “semester hours”?

Não! Elas são a mesma coisa. Os termos são usados com o mesmo significado nas universidades dos Estados Unidos.

Uma hora de crédito semestral (semester credit hour – SCH) é a quantidade de créditos que um aluno recebe pela conclusão bem-sucedida de uma hora de contato e duas horas de preparação por semana durante um semestre. Uma hora por semestre equivale de 15 a 16 horas de contato por semestre, independentemente da duração da aula.

Basicamente, para um curso de uma hora de crédito semestral, você deve investir uma hora de contato na aula e duas horas adicionais de preparação (fora de aula) por semana. Essas horas podem ser conseguidas em trabalhos de casa, trabalhos de campo ou outros cursos práticos.

2-sistema-de-creditos-academicos

Quantos créditos são necessários em um curso de graduação? E para um curso de mestrado?

No sistema de créditos acadêmicos, uma disciplina é medida com base no número de horas de crédito necessárias para concluí-la. Para uma graduação, as disciplinas básicas podem ter 1 ou 2 créditos. No mestrado (inclusive para MBAs), a maioria das aulas tem 3 ou 4 créditos.

Uma carga padrão de estudo em período integral é geralmente de 30 horas de crédito por ano. Normalmente, para se formar, as universidades esperam que os alunos concluam:

  • 120-130 horas de crédito para um diploma de bacharel
  • 30-64 horas de crédito para um mestrado

Algumas universidades usam as horas de crédito semestral para definir as mensalidades e o número de bolsas de estudos para futuros alunos. Durante um semestre, um estudante internacional deve completar entre 9 e 12 horas de crédito, dependendo da faculdade ou universidade.

4-sistema-de-creditos-academicos

O que são “quarter credits”?

Algumas universidades dos Estados Unidos usam as Quarter Calendar Credit Hours, nas quais o ano acadêmico é dividido em três partes. Nesse caso, um diploma de bacharel geralmente requer um mínimo de 180 horas para ser concluído, em vez de 120.

Intercâmbio com a UDI

Gostou de conhecer o sistema de créditos acadêmicos? Na iAcademy você pode se aprofundar nesse tema e saber mais sobre a graduação nos Estados Unidos ou até mesmo sobre outros tipos de intercâmbio, como mestrado na Europa, Boarding School e Summer Camps! Clique aqui, se inscreva agora mesmo e comece a se preparar para conquistar sua oportunidade no exterior!


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.