Se você não está familiarizado(a) com o sistema educacional americano, pode acabar ficando confuso(a) sobre os tipos de universidades dos EUA, principalmente na hora de calcular o quanto seus estudos podem custar. Para te ajudar, fizemos um pequeno resumo com um guia sobre as instituições do país e como elas trabalham!

5 tipos de universidades dos EUA

Universidades públicas

As universidades públicas dos EUA, também chamadas de universidades estaduais (state universities), recebem algum nível de financiamento do setor público, por meio do governo estadual. Você também pode encontrar faculdades ou escolas públicas, embora “faculdade” e “escola” também sejam termos usados para se referir a um único departamento ou faculdade da universidade, como a Faculdade de Direito ou a Faculdade de Engenharia.

As universidades estaduais geralmente fazem parte de um sistema universitário estadual. Esse sistema reúne universidades públicas que operam separadamente, em diferentes locais do estado, mas que, em algum nível, têm gestão e administração compartilhadas. Um exemplo é o Sistema Universitário Estadual de Nova York (SUNY), um dos maiores sistemas universitários estaduais, que compreende mais de 60 campi espalhados pelo estado de Nova York.

Como as universidades estaduais são apoiadas por financiamento público, geralmente cobram propinas mais baixas do que as universidades privadas (embora o valor real que os estudantes pagam possa variar muito, especialmente quando há bolsas de estudo). Você encontra duas faixas de taxas: uma mais baixa para estudantes “residentes” ou de dentro do mesmo estado e uma taxa mais alta para “não residentes” ou “de fora do estado”. Intercambistas pagam as mesmas taxas que os estudantes de fora do estado ou uma taxa internacional, diferenciada.

osu-tipos-de-universidades-dos-eua

Universidade Estadual do Oregon

Community Colleges

Também conhecidas como faculdades juniores (junior colleges), as community colleges (faculdades comunitárias) também são apoiadas pelo financiamento estatal. Elas geralmente oferecem o diploma de associado (associate degree), uma qualificação de nível de graduação que leva dois anos para ser concluída, parecida com os cursos técnicos aqui no Brasil. Por esse motivo, as faculdades comunitárias também são chamadas de “faculdades de dois anos” (two-year colleges), enquanto outros tipos de universidade dos EUA podem ser chamados de “faculdades de quatro anos” (four-year colleges).

O diploma de associado pode ser benéfico e impulsionar sua carreira por si só. Porém, muitas vezes ele é usado como base para um diploma de bacharel, completado com mais dois anos de estudo em outra universidade ou faculdade dos EUA.

As faculdades comunitárias tendem a ser menores e suas mensalidades são, geralmente, muito mais baixas do que as dos outros tipos de universidades dos EUA. Como universidades públicas, às vezes são agrupadas em “sistemas” estatais. O maior deles é o Sistema de Faculdades Comunitárias da Califórnia (CCCS), que administra mais de 100 community colleges em todo o estado.

mwcc-tipos-de-universidades-dos-eua

Faculdade Comunitária Mount Wachusett, em Massachusetts

Universidades particulares sem fins lucrativos

Por mais que a maioria dos estudantes nos EUA frequente universidades e faculdades públicas, as universidades privadas ainda são responsáveis ​​por uma proporção significativa de matrículas. Muitas das instituições de maior reputação mundial do país estão incluídas nesse grupo: MIT, Harvard, Yale, Stanford, Caltech, Columbia, Cornell, Johns Hopkins e várias outras.

Embora as universidades privadas geralmente dominem os rankings internacionais de avaliação educacional,  vale ressaltar que elas não têm um monopólio completo. As principais universidades públicas dos EUA, como a Universidade de Michigan e a Universidade da Califórnia, em Los Angeles (UCLA), são igualmente competitivas e têm uma forte reputação.

No geral, as taxas nas universidades privadas tendem a ser mais altas que as das universidades e faculdades públicas. No entanto, esse valor é significativamente mais baixo quando as bolsas de estudo são levadas em consideração. Como as instituições de maior prestígio costumam ter os maiores orçamentos, elas também têm mais bolsas de estudos para oferecer.

princeton-tipos-de-universidades-dos-eua

Princeton é uma universidade privada sem fins lucrativos

Faculdades de artes liberais

Um tipo de universidade que é muito comum nos EUA, mas não tanto no Brasil, são as faculdades de artes liberais (liberal arts colleges). Essas faculdades se concentram no ensino de cursos de graduação nas Artes e Ciências Liberais (embora alguns também ofereçam programas de pós-graduação e disciplinas mais especializadas, como Medicina, Administração e Química). Elas geralmente têm poucos estudantes e permitem que os alunos escolham um assunto para se especializar (um “major“), enquanto também participam de cursos em uma variedade de outros campos (os “minors”).

Historicamente, as faculdades de artes liberais são conhecidas por seu forte foco no ensino, no desenvolvimento individual dos alunos e no lado mais acadêmico (em oposição ao profissional) do ensino superior. A maioria é administrada de forma privada (sem fins lucrativos), embora existam alguns exemplos de universidades públicas que são essencialmente faculdades de artes liberais, como a Universidade de Mary Washington, no estado da Virgínia.

flagler-tipos-de-universidades-dos-eua

A Flagler College é uma faculdade de Artes Liberais que fica na Flórida.

Universidades particulares com fins lucrativos

Embora a maioria das universidades mais conhecidas dos EUA seja classificadas como organizações “públicas” ou “sem fins lucrativos”, nas últimas décadas houve um crescimento no número de universidades e faculdades privadas com fins lucrativos. Diferentemente de outros tipos de universidades dos EUA, as organizações com fins lucrativos operam como empreendimentos comerciais, com o objetivo de ganhar dinheiro para seus acionistas, além de proporcionar uma boa educação para seus alunos.

O advento das universidades com fins lucrativos gerou controvérsias, com críticos exigindo regulamentos mais rígidos para garantir que estudantes e famílias tenham um bom retorno sobre seus investimentos. Nos últimos anos, um fluxo de publicidade negativa resultou no declínio das matrículas em universidades com fins lucrativos, mas elas continuam a desempenhar um papel significativo no setor de ensino superior dos EUA.

gcu-tipos-de-universidades-dos-eua

A Grand Canyon University funciona com fins lucrativos

Intercâmbio com a UDI

Agora que você já sabe sobre os tipos de universidades dos EUA, já pode decidir em qual vai querer estudar e começar a se preparar para isso. Você pode contar com a ajuda da nossa mentoria especializada para conquistar sua vaga por lá. Clique aqui e faça agora mesmo o seu teste de perfil!

Quer acompanhar todos os nossos conteúdos no Blog? Então cadastre seu e-mail aqui para receber nossa newsletter semanal.


Lucas Almeida

Lucas Almeida

Mineiro, jornalista e mestrando em Comunicação. Entusiasta de idiomas, viagens e cibercultura. Tem o sonho de mudar o mundo, uma pauta de cada vez.

+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos
+100 aulas sobre intercâmbios por apenas 99 centavos