O campo da Economia vem ganhando popularidade já há algum tempo como área de formação. Você sonha em estudar nessa área fora do Brasil? Então confira essa lista que fizemos com as 10 melhores escolas de Economia da Europa. O Velho Continente é uma ótima opção para quem quiser seguir uma carreira no mundo das finanças e as instituições que você irá ver nesse ranking são as melhores para prosseguir seus estudos por lá. Para montar essa lista levamos em consideração os seguintes fatores: qualidade e quantidade de professores, pesquisas desenvolvidas e diversidade de estudantes internacionais.

Melhores escolas de Economia da Europa: London School of Economics and Political Science

Sem dúvida, a London School of Economics and Political Science (LSE) não tinha como não ocupar o primeiro lugar dessa lista. Afinal, essa escola possui um dos maiores departamentos de Economia do mundo. Localizada no coração da cidade de Londres, o corpo discente da LSE é principalmente internacional: 70% dos estudantes são estrangeiros! E são eles que vão tornar possível viver uma experiência verdadeiramente diversa por lá.

Posição no ranking da QS World Universities:

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics):

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings:

melhores-escolas-de-economi-da-europa-lse

LSE

Melhores escolas de Economia da Europa: Oxford

A Universidade de Oxford, é claro, se destaca em todas as suas áreas de estudo. E no campo da Economia não podia ser diferente. Quase 40% do corpo estudantil da universidade é formado por estudantes estrangeiros, ao passo que o seu corpo docente é um dos mais prestigiados do mundo, com professores que também são funcionários de algumas das organizações nacionais e internacionais mais importantes. A instituição se destaca principalmente nos seguintes quesitos: relevância do corpo docente, valorização do mercado de trabalho e rigorosidade do ensino acadêmico.

Posição no ranking da QS World Universities:

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics):

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings:

Melhores escolas de Economia da Europa: Cambridge

Assim como Oxford, a Universidade de Cambridge é uma das universidades de maior prestígio no Reino Unido e isso também se aplica para a sua Faculdade de Economia, que inclusive é um dos departamentos mais conceituados de toda a instituição. Já passaram por lá diversos nomes ilustres do setor econômico mundial, muitos dos quais já ganharam o prêmio Nobel.

Posição no ranking da QS World Universities: 10º

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics): 11º

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings:

melhores-escolas-de-economi-da-europa-cambridge

Cambridge

Melhores escolas de Economia da Europa: University College London (UCL)

Embora não tão famosa como Oxford e Cambridge, a UCL sempre foi uma das instituições de ensino mais conceituadas da Europa, tendo uma excelente reputação internacional em áreas-chave da pesquisa atual. Os departamentos de graduação, mestrado, pós-graduação e pesquisa em Economia são bastante renomados. Um dos ex-alunos mais proeminentes da UCL foi o economista e filósofo John Stuart, considerado o pai da Economia Política do século XIX.

Posição no ranking da QS World Universities: 17º

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics):

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings: 21º

Melhores escolas de Economia da Europa: Escola de Economia de Paris

A Escola de Economia de Paris tem sido um dos melhores institutos na vanguarda de muitos domínios econômicos diferentes, oferendo programas de mestrado e também de doutorado. Atualmente a instituição tem mais de 130 professores, 300 estudantes de mestrado e 200 estudantes de doutorado em residência.

Posição no ranking da QS World Universities: 38º

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics):

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings:

melhores-escolas-de-economi-da-europa-paris-school

Escola de Economia de Paris

Melhores escolas de Economia da Europa: Universidade Pompeu Fabra

A Universidade Pompeu Fabra, localizada em Barcelona, ​​é a universidade de Economia número 1 na Espanha e a segunda no sul da Europa. Um dos seus professores mais famosos é o renomado economista Andreu Mas-Colell, que escreveu o livro de microeconomia mais lido do planeta: “Microeconomic Theory”.

Posição no ranking da QS World Universities: 51-100

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics):

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings: 46º

Melhores escolas de Economia da Europa: Universidade Luigi Bocconi

A Universidade Bocconi, em Milão, é conhecida por recrutar os melhores professores internacionais de todo o mundo. Só para ter uma ideia, alguns membros do corpo docente também atuam como consultores de organizações internacionais como o Fundo Monetário Internacional (FMI), a Organização das Nações Unidas (ONU) e o Banco Mundial. A porcentagem de estudantes internacionais na Universidade Bocconi é de 11%.

Posição no ranking da QS World Universities: 16º

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics): 35º

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings:

melhores-escolas-de-economi-da-europa-bocconi

Universidade Luigi Bocconi

Melhores escolas de Economia da Europa: Universidade de Warwick

O departamento de Economia da Universidade de Warwick é um dos departamentos mais importantes dessa área no Reino Unido e na Europa. Os estudantes de Economia dessa instituição podem escolher entre muitos módulos opcionais no próprio departamento e também em departamentos externos, como Direito, Matemática, Negócios e Idiomas. Os alunos de lá também aprendem questões do campo da Economia a partir de estudos de questões do mundo atual.

Posição no ranking da QS World Universities: 25º

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics):

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings: 26º

Melhores escolas de Economia da Europa: Universidade de Tilburg

Embora não seja tão amplamente conhecida como outras universidades nesta lista, a Universidade de Tilburg, na cidade mesmo nome na Holanda, vale a sua pesquisa. O departamento de Economia é extremamente respeitado e conta com programas de bacharelado e mestrado classificados em primeiro lugar na Holanda. Uma característica muita interessante dessa universidade é a organização de um programa de seminários com palestrantes das principais escolas internacionais de Economia.

Posição no ranking da QS World Universities: 36º

Posição no ranking da RePEc (Research Papers in Economics):

Posição no ranking da Times Higher Education World University Rankings: 33º

melhores-escolas-de-economi-da-europa-tilburg

Universidade de Tilburg

Universidade do Intercâmbio

Qual dessas universidades/faculdades mais te chamou atenção? Seja qual for a sua resposta, se você quiser realmente se preparar  para estudar no exterior,  você pode contar com o apoio da nossa mentoria especializada. Faça agora mesmo o seu teste de perfil clicando aqui.


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.